Infrator foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Trajano de Moraes

Uma operação realizada pela Unidade de Polícia Ambiental (Upam) do Desengano, que atua na área e no entorno do Parque Estadual do Desengano (PED), situado no Norte Fluminense, apreendeu na tarde deste domingo (16/08), em Trajano de Moraes, quatro pássaros da fauna silvestre: um melro, um pixoxó e dois canários da Terra, além de uma espingarda calibre 28mm, cinco cartuchos e quatro gaiolas de madeira.

Os policiais chegaram ao local denunciado, na Rua Mata Cachorro s/n, em Sodrelândia, em Trajano de Moraes, e constataram que o infrator tinha em seu poder uma espingarda e pássaros em cativeiro. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Trajano de Moraes e responderá a processo por crime ambiental e posse irregular de arma de fogo.

Para o gestor do Parque Estadual do Desengano, administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Carlos Dário Moreira, a operação desencadeada no último domingo é mais uma ação para reprimir a caça de animais dentro da unidade de conservação e em seu entorno.

O Parque Estadual do Desengano, criado em 13 de abril de 1970, tem uma área de 21.444 mil hectares, localizados em partes dos municípios de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. A unidade de conservação se destaca no cenário regional como um acidente de grande beleza cênica, com inúmeros picos rochosos e cobertura florística bastante representativa do bioma primitivo Mata Atlântica.

Notícias Relacionadas

Pesquisa