Órgão realiza vistorias há cerca de 3 meses em diversas cidades da região.
Folhas de ponto e escalas dos plantonistas estão entre os problemas.

O Hospital Mariana Maria de Jesus, em Quissamã, no Norte Fluminense, foi alvo de mais uma fiscalização do Ministério Público Federal (MPF). Segundo o órgão diversas irregularidades foram encontradas, principalmente com as folhas de ponto, escalas dos plantonistas, e lista dos médicos especialistas. Desde abril, o MPF já realizou 16 vistorias em hospitais e unidades de saúde do Norte Noroeste.
De acordo com os fiscais, no hospital foram encontrados folhas de ponto alteradas, falta de quadro de plantonistas e falta de lista com os nomes dos médicos e suas especializações, o que é obrigatório. O MPF informou que as irregularidades mais encontradas são essas, além da falta de medicamentos.
A Prefeitura de Quissamã foi procurada pelo G1, mas até a publicação desta matéria não havia se pronunciado.
Em cerca de três meses de fiscalização, o MPF realizou 16 vistorias em diversos hospitais e unidades de saúde. A operação, que não tem previsão para terminar, foi iniciada em Travessão de Campos dos Goytacazes. Em todos as unidades de saúde visitadas, alguma irregularidade é encontrada, segundo o MPF.
O órgão informou que há cerca de duas semanas entrou com uma Ação Civil Pública, com base em Campos, para que o município se comprometa a regularizar todas as irregularidades em um prazo de 30 dias. O MPF também pediu para se caso as necessidades não sejam atendidas, a prefeita e o secretário de Saúde pagem multa. O órgão informou que a justiça está analisando a ação e aguardando que os citados se manifestem.

Do G1 Norte Fluminense

Notícias Relacionadas

Pesquisa