Novos integrantes irão atuar no quadriênio 2020/2023

IMPRENSA CORDEIRO/CIDADE EXPOSIÇÃO

Prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECRIAD), a atuação dos conselheiros tutelares num município é indispensável. Eles atendem às crianças e adolescentes, aplicam todas as medidas protetivas e também mediam o relacionamento familiar quando necessário, aconselhando pais e responsáveis se for esse o caso.

Na manhã desta sexta-feira, dia 10 de janeiro, foi realizada em Cordeiro, no Centro Cultural Ione Pecly, a Cerimônia de Posse dos Novos Conselheiros Tutelares, eleitos no pleito do ano passado, e que a partir de agora passam a integrar a instituição para o exercício do mandato durante o quadriênio 2020/2023.

Após a formação da Mesa Diretiva – composta pela vice-prefeita Maria Helena; vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Letícia Reis; e representante do Conselho Tutelar, Vera Lúcia Melo Marra – foram executados os hinos Nacional e de Cordeiro, assinado o Termo de Posse e feito o Juramento dos Conselheiros, que se comprometeram a cumprir a legislação pertinente.

A conselheira mais votada do novo grupo, Vera Lúcia, popularmente conhecida como Verinha Bebel, falou em nome de seus colegas destacando o comprometimento de todos. No mesmo tom, Letícia Reis colocou o CMDCA à disposição e ainda enfatizou a lisura do processo eleitoral e o apoio da Prefeitura de Cordeiro às instituições da cidade.

Representando o prefeito Luciano Batatinha, ausente por viagem oficial, a vice Maria Helena relembrou os desafios dos conselheiros, já que ela exerceu a função há 20 anos. Também reforçou o apoio incondicional da municipalidade relatando o recente aumento na remuneração dos conselheiros dado pelo prefeito. “Que vocês sejam instrumentos de Deus para garantir os direitos de nossas crianças e adolescentes. Cordeiro é privilegiado em contar com cidadãos como vocês”, discursou Helena.

Notícias Relacionadas

Pesquisa