Voltar

Notícias

Telefonia Celular Rural chega a S. José do Ribeirão em Bom Jardim


19 de agosto de 2015 1.263 visitas

Uma ligação para o Governador Luiz Fernando Pezão marcou a visita, do secretário estadual de Agricultura, deputado Christino Áureo, e do Chefe de Gabinete do governador, Affonso Monnerat, no último sábado (15), a São José do Ribeirão, distrito de Bom Jardim, Região Serrana do estado. O objetivo foi verificar o funcionamento da nova torre de telefonia celular rural implantada na localidade. Diversas localidades como Sebollas, em Paraiba do Sul, Tapera, em Trajano de Morais e outras já receberam o investimento. A intenção do deputado é de que esse projeto avance com mais agilidade a partir do momento que for regulamentada a Lei 6962, de sua autoria, sancionada pelo governador Pezão em de 15 de janeiro de 2015, que autoriza o Poder Executivo a conceder tratamento tributário às concessionárias de telefonia móvel que investirem na disponibilização e melhoria de sinal na zona rural.
– Há muito tempo sonhávamos que essa solicitação as operadoras de celular fosse atendida. A iniciativa atende aos produtores rurais e tivemos apoio do Governador Pezão para que além de melhorar a infraestrutura de estradas vicinais pudéssemos também melhorar a “estrada da inclusão digital” oferecendo sinal de telefonia celular e internet para localidades rurais. A operadora sensível a situação que o governo tem enfrentado está implementando com recursos próprios esses investimentos enquanto aguardam a regulamentação da legislação. Estamos aqui super felizes por mais essa conquista.
Para a moradora do distrito Margarida Pacheco, a instalação da torre foi uma grande emoção.
– Tenho uma filha que mora no Rio Grande do Sul, e para falar com ela tinha que andar até a ponte procurando um ponto com sinal. Um belo dia chego no meu quarto e o telefone toca. Fiquei muito satisfeita – disse a moradora.
Outra novidade apresentada pelo secretário ao prefeito Paulo Barros, durante a visita , foi a inclusão do distrito no Programa Rio Rural. Segundo o secretário, 111 produtores receberão recursos não reembolsáveis para implantação da agricultura sustentável na sua propriedader. Os projetos deverão ser implantados nos próximos três meses. O investimento será de R$ 250 mil.
A visita contou ainda com a presença do presidente da Câmara, Ademir Aparecido Rodrigues, vereadores Valadar Cardoso e Gabriel Garcia, além da presidente da Emater Stella Romanos.