Voltar

Notícias

Secretário de Estado de Saúde reúne secretarias municipais de saúde, hospitais federais e universitários para plano de ação conjunto


18 de dezembro de 2015 191 visitas

Objetivo é reunir esforços para auxiliar na oferta dos serviços de saúde pública da região metropolitana
O Secretário de Estado de Saúde, Felipe Peixoto, se reuniu nesta sexta-feira, 18 de dezembro, com secretarias municipais de saúde do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Nova Iguaçu e Duque de Caxias, hospitais e instituto federais e hospitais universitários para traçarem um plano conjunto de ações nas unidades públicas de saúde da Região Metropolitana.
No encontro, as unidades expuseram suas dificuldades e suas disponibilidades na tentativa de criar um fluxo de trabalho para que, assim, fossem identificados como cada unidade ou município pode colaborar para manter a assistência à população.
Após a reunião, ficou instituído uma sala de situação, com representantes dos três entes da federação e foram criados grupos de trabalho divididos em áreas temáticas para atuar em estratégias tanto de logística quanto de assistência, incluindo regulação, insumos e serviços.
REPASSES FEDERAIS
Na última quinta-feira, em reunião com o secretário em Brasília, o ministro da Saúde Marcelo Castro anunciou que irá transferir nos próximos dias o pagamento integral dos recursos para Média e Alta Complexidade (MAC), que são utilizados como complemento no custeio de UPAs e hospitais. A medida vai favorecer os 92 municípios do estado, além das unidades estaduais. Para o Rio de Janeiro, a previsão é que o montante fique em torno de R$ 45 milhões nos próximos dias. Até o dia 30, a previsão é que haja antecipação de R$ 15 milhões e, já na primeira quinzena de janeiro, mais R$ 30 milhões.
Toda a movimentação feita acontece no intuito de buscar alternativas e soluções para cumprir com suas responsabilidades financeiras. O que inclui pagamento de fornecedores e Organizações Sociais de Saúde e, consequentemente, seus serviços terceirizados. Também é importante informar que o cenário deverá se normalizar, mediante repasses para o Fundo Estadual de Saúde.
REFORÇO BOMBEIROS E PM
Também na quinta-feira, foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro o decreto 45.505, que trata da disponibilização de servidores públicos militares do Estado, insumos e equipamentos para atender às unidades da rede estadual de saúde, no período de 18 de dezembro de 2015 e 07 de janeiro de 2016.
A medida já foi usada de maneira informal, pontualmente, em outras situações. Trata-se de um plano de contingência, traçado de forma preventiva, considerando que o período de festas de fim de ano é crítico no que se refere a escalas de plantão médico de urgência e emergência, historicamente com muitos registros de falta de funcionários. O objetivo é garantir o atendimento e a prestação de serviços de saúde à população.