Voltar

Notícias

Rock in Rio: Cidade do Rock é aberta para convidados


13 de setembro de 2017 67 visitas

Edição deste ano será realizada no Parque Olímpico na Barra da Tijuca

ADRIANA CRUZ

Rio – A Cidade do Rock começa mostrar a sua cara: quinze mil convidados estão conferindo as principais atrações e aperitivos do que vem por aí na edição de 2017 do Rock in Rio, que será realizada neste fim de semana e nos dias 22, 23 e 24 de setembro. Novidades não faltam, a começar pelo novo lugar: o Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio.

“Venho todo ano, mas estou impressionado com o novo cenário”, afirmou o servidor público Marcos Aurélio Vale, 35 anos, que volta à Cidade do Rock no dia 23, para conferir o show do Guns N’Roses que nesta apresentaçao contará com a formação original da banda, com Axl Roses, Slash e Duff McKagan.

E as novidades não param por aí, o festival terá ainda o espaço Game XP, lugar dedicado aos jogos e que contará com uma competição de cosplays de games. Já na área gastrônomica, a novidade fica com Gourmet Square, que tem o cenário inspirado no mercado da Ribeira de Lisboa, que conta com 14 lojas e chefes renomados como Roberta Sudbrack.

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio. Entrada da area para os aficcionados em GamesAlexandre Brum / Agência O Dia

A cerimônia de abertura para os convidados também contou com uma queima de fogos. O DIA revelou no dia 19 de agosto, que o festival não tinha licença ambiental para a queima de fogos recorde prometida para esta edição, disparada a partir de balsas instaladas na Lagoa de Jacarepaguá e em pontos atrás do palco montado no Parque Olímpico da Barra, segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

No entanto, a assessoria de imprensa do Rock in Rio informou nesta terça-feira, que o festival conseguiu as licenças necessárias. O Inea ainda havia confirmado a informação até o fechamento desta reportagem.

Festival deve gerar R$ 74 milhões em hospedagem, diz estudo

O RioCeptur, Centro de Pesquisas do Rio Convention & Visitors Bureau, calculou o impacto econômico que será gerado pelos hóspedes durante o Rock in Rio. Segundo a análise, com base na pesquisa prévia divulgada pela Associação de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), a receita potencial em hospedagem será de R$ 74 milhões, representando a arrecadação de R$ 3,7 milhões em Impostos Sobre Serviço (ISS) para os cofres municipais.

GALERIA DE FOTOS

Cidade do Rock é aberta para convidados

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio

Últimos retoques para a abertura do Rock in RioALEXANDRE BRUM / AGÊNCIA O DIA

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio. Entrada da area para os aficcionados em Games

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio. Entrada da area para os aficcionados em GamesALEXANDRE BRUM / AGÊNCIA O DIA

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio

Últimos retoques para a abertura do Rock in RioALEXANDRE BRUM / AGÊNCIA O DIA

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio. Palco Mundo

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio. Palco MundoALEXANDRE BRUM / AGÊNCIA O DIA

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio

Últimos retoques para a abertura do Rock in RioALEXANDRE BRUM / AGÊNCIA O DIA

Últimos retoques para a abertura do Rock in Rio

Últimos retoques para a abertura do Rock in RioALEXANDRE BRUM / AGÊNCIA O DIA

De acordo com a ABIH-RJ, o primeiro fim de semana do evento (de 15 a 17 deste mês) conta com 67% dos quartos reservados. Segundo a análise do RioCeptur, o percentual representa a ocupação de 40.200 quartos de hotéis e 168,8 mil hóspedes em potencial, que devem gerar uma receita de R$ 29 milhões.

Na segunda semana do Rock in Rio (21 a 24), a pesquisa prévia da ABIH-RJ aponta que 77% dos quartos já estão reservados. Cálculos do RioCeptur indicam que a taxa representa a ocupação de 46.200 quartos, com 258,7 mil hóspedes em potencial e receita estimada em R$ 45 milhões.

A análise do RioCeptur ressalta, ainda, que, mesmo com 15 mil novos quartos de hotéis na cidade, as reservas para a segunda semana do evento já superam o mesmo período do último Rock in Rio, quando a hotelaria contou com 63,03% dos quartos ocupados. Para a primeira semana do evento, a diferença é de apenas 5%. Em 2015, o balanço final da ABIH-RJ registrou 73,06% de ocupação.