Voltar

Notícias

Reverenciando um ‘amante do futebol’


28 de novembro de 2017 164 visitas

Câmara aprova e Diogo Latini homenageia Rogério Bianchini

 

TEXTO – RICARDO VIEIRA

Que o futebol é a maior paixão popular do país é incontestável. Mas poucos são os homens públicos que realmente o vivenciam como deveriam, apoiando de verdade e liderando ações em defesa do seu crescimento e popularidade, para que os verdadeiros interessados, o povo que ama o futebol, possa desfrutá-lo em sua plenitude.

Provando que toda regra tem exceção, durante sua atuação política – seja como vereador, vice-prefeito ou prefeito – o saudoso Rogério Bianchini, torcedor fanático do Flamengo e do Macuco Esporte Clube, sempre demonstrou estar em sintonia com as coisas que cercam o futebol e sua organização, o que se confirma por sempre ter incentivado e monitorado de perto os campeonatos de futebol realizados em Macuco em suas mais diversas categorias, fazendo questão de frequentar os estádios e acompanhar pessoalmente o desenvolvimento das competições e a evolução dos jovens jogadores.

Em reconhecimento às atitudes do ex-prefeito, que notadamente foram fundamentais para a evolução do futebol macuquense, e como forma de reverenciá-lo por tudo que fez em defesa de atletas, dirigentes e, principalmente, torcedores da cidade, o vereador Diogo Latini colocou à apreciação de seus colegas de plenário o Projeto de Lei 015/17, de sua autoria, cujo objetivo é conceder ao Campeonato Municipal de Futebol Amador de Macuco o nome de ‘Prefeito Rogério Bianchini’, que foi sancionado e criado a Lei Municipal nº 792/17.

“Convivi com Rogério Bianchini durante muito tempo, tanto na vida política quanto na pessoal. Ele amava e defendia verdadeiramente o futebol, especialmente quando se tratava de Macuco, colocando os interesses de seu município em primeiro lugar. Agradeço aos meus pares pela compreensão e sensibilidade na aprovação dessa justa e definitiva homenagem, pois cada vez que esse campeonato for organizado e divulgado pelos meios de comunicação, nos lembraremos dele e de sua contribuição para enaltecer o esporte mais popular do Brasil”, declarou Diogo Latini.