Voltar

Notícias

Prefeito propõe a criação de programa de incentivo ao esporte


23 de janeiro de 2017 89 visitas

O lutador friburguense Marlon Moraes foi a grande atração no último sábado, 21, durante a realização do Seminário Social promovido por ele, em parceria com a Prefeitura de Nova Friburgo, através da Secretaria de Esportes. O evento foi realizado na Estação Livre, no Centro, e reuniu centenas de amigos e fãs do campeão mundial de MMA. O prefeito Renato Bravo marcou presença e, bem humorado, pediu a Marlon ajuda para nocautear o mosquito Aedes aegypti, colocando-se à disposição para participar da criação de um programa de incentivo ao esporte no município.

Dedicado a Marlon Moraes, que passa férias em Nova Friburgo após defender pela sexta vez o cinturão da categoria peso galo do WSOF, o evento não se resumiu apenas às artes marciais. Antes do aulão ministrado por Marlon, teve pula-pula para a criançada e apresentações da banda do Ponto de Cultura de Olaria e da Escola de Samba Unidos da Saudade, atual campeã do carnaval de Nova Friburgo.

As surpresas para Marlon Moraes começaram logo que o prefeito Renato Bravo chegou ao evento. Vestido com a camisa do “Team Moraes”, como é chamada a equipe de Marlinho, o chefe do Executivo enalteceu o brilhantismo do friburguense e propôs ao lutador a criação de um programa de incentivo ao esporte em Nova Friburgo.

“O esporte faz parte de nossas vidas, nós temos que incentivá-lo. E quando nós temos um campeão, nós temos que dar valor a esse esporte. Conte conosco, meu querido Marlon. Você tem levado o nome da nossa cidade a todos os cantos do mundo. Você é um exemplo para toda essa garotada. E nós gostaríamos de propor a você que fizéssemos aqui um programa de incentivo ao esporte. Juntos, governo municipal, você e sua equipe, para que nós possamos incentivar essa garotada a praticar esporte. A fazer com que haja o equilíbrio da mente, da saúde e, principalmente, da cidadania. Porque esporte é cidadania, participação e inclusão”, declarou o prefeito Renato Bravo.

Visivelmente emocionado, Marlon Moraes também recebeu das mãos do prefeito uma placa em homenagem ao seu papel de destaque no cenário esportivo mundial e aos serviços prestados ao município. Quem também não segurou a emoção foi o secretário de Esportes, Waldemir Caetano Veloso. “Um cara como o Marlon, com essa força, que sai de Nova Friburgo e vai pro outro lado do continente defender e falar de Nova Friburgo, nós temos que bater palmas e fazer de tudo por ele. No primeiro dia de governo recebemos uma ligação do Marlon. Ele queria dar um presente a Nova Friburgo e pediu à Prefeitura que cedesse um espaço para a realização de um evento para arrecadar alimentos para uma instituição de caridade. Não dormi aquela noite e fico até emocionado de lembrar. Pensei: se ele quer dar um presente a Nova Friburgo, nós temos que dar um presente a ele também. E fizemos essa festa maravilhosa.”

Feliz com a grande festa e a recepção calorosa do público e da própria Prefeitura, Marlon Moraes agradeceu o apoio e se disse animado com a possibilidade de poder contar com o apoio do Executivo municipal. “Agora é a hora. Vi que a Prefeitura está tentando começar uma coisa positiva. Vamos ver se eles conseguem unir não só o Marlon, mas também o Edson (Barboza), todas as academias. Vamos pensar uma maneira de continuar esse legado em Nova Friburgo, de formar campeões nas artes marciais. A gente vive disso, vamos tentar com que mais pessoas vivam disso. E se não conseguirem viver do esporte, vamos tentar fazer com que sejam bons homens”, projetou o campeão Marlon Moraes.

SOBROU ATÉ PARA O MOSQUITO AEDES AEGYPTI

Um dos momentos mais descontraídos do evento surgiu através de um pedido inusitado do prefeito Renato Bravo. Durante seu discurso, o chefe do Executivo solicitou a ajuda de Marlon para nocautear o mosquito Aedes aegypti, o grande vilão dos friburguenses no ano passado.

“Vou quebrar o protocolo e fazer um pedido especial a você, Marlon. Estamos com um problema sério no Brasil e não seria diferente aqui em Nova Friburgo, que é esse danado mosquito Aedes aegypti. Nós temos que eliminar esse mosquito com golpes certeiros. Então eu queria pedir a você que nocauteasse o mosquito. Governo e população já estão juntos nessa briga e agora temos também um campeão para nocauteá-lo.”

Muito descontraído e bastante à vontade, Marlon Moraes atendeu ao pedido do prefeito e não deu chances ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. É claro que tudo não passou de uma grande brincadeira, mas o público deu muitas risadas e aplaudiu bastante o gesto do campeão.