Voltar

Notícias

PF realiza operação contra fraudes em importação de equipamentos médicos em Cordeiro e Araruama


17 de janeiro de 2018 418 visitas

Polícia Federal (PF) está realizando nesta terça-feira (16) a operação Zona Cinzenta que busca combater fraudes na importação de equipamentos médicos em 18 estados. Na Região Serrana do Rio, os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em uma clínica particular em Cordeiro.
De acordo com a PF, um mamógrafo foi importado de forma irregular e possui valor de nota fiscal inferior ao valor real.
A operação também acontece em Araruama, na Região dos Lagos do Rio. Agentes cumpriram mandados de busca e apreensão na sede do antigo Hospital HC Lagos. De acordo com o delegado da PF, Sandro Luiz Bernardi, um equipamento cirúrgico foi comprado com notas subfaturadas. Na nota fiscal, o equipamento foi comprado por R$ 6 mil, mas pode custar até R$ 300 mil.
Os documentos apreendidos nas duas cidades serão levados para Santa catarina, onde vão ser analisados pela PF para que os próximos passos da operação sejam definidos.
A primeira fase da Operação Zona Cinzenta aconteceu no dia 2 de agosto.
A Unimed de Araruama, que hoje é responsável pelo antigo Hospital HC Lagos, informou por meio de nota que “foi verificado que o aparelho investigado não está e nunca esteve em posse da cooperativa. A Unimed Araruama não reconhece a nota fiscal emitida em maio de 2013 para compra de um ‘aparelho de raio X arco em C usado pintado no estado’ e tomará as medidas judiciais cabíveis para averiguação de possível fraude envolvendo o nome da cooperativa.”
A empresa informou ainda que “a Unimed Araruama e seus recursos próprios reiteram que não compactuam com nenhum tipo de irregularidade, corrupção ou atividades ilegais, e/ou situações que divergem dos valores morais que orientam a marca Unimed.” Por G1, Região Serrana