Voltar

Notícias

Papa Francisco transfere bispo de Aparecida (SP) que teria incitado ódio contra Lula


10 de março de 2016 260 visitas

O Vaticano não explicou os motivos, mas nomeou o bispo-auxiliar da arquidiocese de Aparecida (SP), dom Darci José Nicioli, como bispo de Diamantina (MG) na mesma semana em que o religioso, no segundo maior templo católico do mundo, aconselhou os fieis a “pisarem na cabeça da jararaca”. Em comunicado de despedida, Nicioli pediu perdão por quando não teve “bom-senso” e “prudência”

Por Redação

Três dias após a fala que supostamente incitava o ódio contra o ex-presidente Lula, o papa Francisco decidiu transferir de paróquia o bispo-auxiliar de Aparecida (SP), dom Darci José Nicioli. Ele agora passa a ser bispo de Diamantina, em Minas Gerais. O comunicado foi feito pelo Vaticano nesta quarta-feira (9).

Nem a Santa Sé e nem o pontífice explicaram os motivos da transferência, mas ela se deu logo após a polêmica causada pelo religioso ao recomendar, no último domingo (6), em plena missa na basílica de Aparecida – o segundo maior templo católico do mundo – que os fieis “pisem na cabeça da jararaca”. A mensagem – transmitida ao vivo, em rede nacional, pela Rede Vida – foi entendida como uma alusão ao ex-presidente Lula, que dois dias antes, depois de prestar depoimento à Polícia Federal, se comparou, ironicamente, a uma jararaca.

Em comunicado de despedida publicado no site da Arquidiocese de Aparecida, Nicioli não cita diretamente a polêmica que causou, se limitando apenas a agradecer pelos anos de sacerdócio na região do Vale do Paraíba. No final do texto de duas páginas, no entanto, pede perdão por ocasiões em que tenha faltado com o ‘bom-senso’ ou com a ‘prudência’.

“Peço perdão, perdão a todos e sem distinção, quando falhei na caridade, na corresponsabilidade e no testemunho. Perdão quando não tive paciência, bom-senso, prudência e julguei indevidamente”, escreveu.