Voltar

Notícias

Obras emergenciais ganham destaque em Nova Friburgo


28 de novembro de 2015 218 visitas

Moradores locais são beneficiados com intervenções do Projeto Rios da Serra

Com o apoio do Secretário Estadual de Ambiente, André Corrêa, as ações do Projeto Rios da Serra trazem segurança à população de Nova Friburgo. A execução dessas obras emergenciais abrangeu o córrego D’Antas em trecho de 2,2 km e o rio Bengalas, em trecho de 2 km, onde foram aplicados R$ 14,7 milhões com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (FECAM).

Com início em 2013 e previsão de término em 2017, ações de reflorestamento de áreas degradadas, limpeza, desassoreamento e recuperação das margens dos rios, são as principais funções do Projeto Rios da Serra, do INEA. Foram investidos ainda R$ 6,5 milhões com indenizações no município de Nova Friburgo, além de R$ 5,4 bilhões com projetos básico e executivo, supervisão e trabalho social.

Moradores locais reconhecem os benefícios desse projeto, como é o caso do Antônio Sérgio Monteiro de 58 anos. “Meu filho é comerciante e seu ponto fica em frente ao rio Bengalas. Todos estão felizes, pois não imaginávamos que um dia nos presenteariam com uma obra desse tamanho aqui na região”, avaliou o morador.

No caso da aposentada Léia Veiga da Silva, de 68 anos, a cena dos moradores vizinhos chorando após perda de suas casas, jamais será esquecida. “Eu me considero uma pessoa com sorte, diante de tanto sofrimento que passamos. Minha casa, como você pode ver, está num nível acima das outras, então não sofri tanto com as inundações. Estou muito feliz com essa obra, pois sempre tivemos uma grande demora para as coisas serem concluídas na nossa região. Finalmente vejo rapidez”, desabafa a moradora.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Nova Friburgo, vereador Marcio Damazio (PSD), o projeto está sendo fundamental para a região. “Nova Friburgo já vinha sofrendo com as chuvas, mesmo antes da tragédia de 2011. Além de toda a melhoria que está sendo feita no rio, seremos beneficiados com a ampliação das pistas. Teremos uma terceira pista e isso aliviará o trânsito. Boa parte da obra já está concluída! Com isso podemos observar que mesmo com a crise que nosso país vem enfrentando, as ações do INEA estão a todo vapor”, conclui o vereador.

Para o Secretário André Corrêa, a conclusão dessas obras é uma dívida do Governo do Estado com a população de Friburgo. “Tenho me reunido com as empresas responsáveis pela obra e com o chefe de gabinete do governador Pezão, o Affonso Monnerat, que é da região e está sensível a isso. Vamos trabalhar para que essas obras não tenham mais paralisações e possamos resgatar um pouco da qualidade de vida dessas pessoas. Também é importante lembrar, que recomeçamos a pagar as indenizações”, afirmou André Corrêa.

A extensão total do rio Bengalas é de 6.290 metros, sendo que o total executado considerando as duas margens chegam a 4.560 metros. Para a conclusão restam 1.730 metros. No trecho do córrego D’Antas, já foi realizada a dragagem de desassoreamento e conformação de calha com grande volume de material removido.