Voltar

Notícias

Governo vai recorrer ao plenário do STF para garantir posse de Lula


20 de março de 2016 196 visitas

O advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo , afirmou que vai recorrer da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes de suspender a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no cargo de ministro-chefe da Casa Civil.

Cardozo informou que, no momento, estão sendo avaliadas as melhores formas de recorrer para rever a decisão n o STF.

O ministro questionou os pontos levantados na decisão de Gilmar Mendes.
Leia mais
Gilmar Mendes suspende a posse de Lula; processo volta ao juiz Sérgio Moro

O advogado-geral da União explicou que, até que seja julgado o recurso pelo STF, as ações de Lula como ministro estão suspensas.

Ao suspender a posse de Lula, o ministro Gilmar Mendes atendeu a um pedido do PPS e PSDB em uma das ações que chegaram ao Supremo questionando a posse de Lula.

Na mesma decisão, o ministro do STF determinou que a investigação do ex-presidente seja mantida com o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância judicial.

Com a posse de Lula, Moro havia determinado que a investigação que envolve o ex-presidente no âmbito da Lava Jato fosse remetida ao Supremo.

Ao assumir o cargo, Lula teria foro por prerrogativa de função e teria que responder às acusações no STF.