Voltar

Notícias

Governo anuncia nova empresa de alimentação no Raul Sertã para atender com menor preço e maior qualidade servidores e pacientes do hospital


11 de abril de 2017 77 visitas

Falta de contrato e calote do governo passado resultaram em problemas agora já sanados pela gestão de Renato Bravo

A Prefeitura de Nova Friburgo acertou nesse sábado, 8, o processo de mudança da empresa que presta o serviço de alimentação aos servidores e pacientes do Hospital Municipal Raul Sertã. Desde a zero hora deste domingo, 9, a empresa Global Alimentação passou a prestar o serviço, em substituição a Nutryenerge.

A Global Alimentação apresentou a melhor cotação de preços, portanto, já entra gerando economia aos cofres públicos. Mas, além disso, a nova empresa é reconhecida pela qualidade e eficiência na prestação deste serviço, consolidada no mercado por sua larga experiência no fornecimento de alimentação para grandes indústrias e consagrada no ramo de cozinha industrial. A transição foi feita em clima de respeito e acordo entre as partes envolvidas. A Nutryenerge, inclusive, colaborou de forma bastante prestativa e amigável no processo de instalação da Global Alimentação, o que permitiu a imediata continuidade do serviço.

A partir de agora, através de sistema computadorizado, será garantido o controle de entrada e saída de alimentos no estoque, aumentando a eficácia e transparência do serviço prestado, além de redobrados os cuidados com a higienização de alimentos, insumos e materiais.

O contrato com a Global Alimentação prevê ainda a reforma de todo o piso da área da cozinha e refeitório, obra considerada essencial, mas não realizada pelo governo passado, a despeito de violar as exigências da Vigilância Sanitária e expor os funcionários diariamente a acidentes de trabalho.

Com relação à dívida da Prefeitura com a Nutryenerge, antiga prestadora do serviço, a Secretaria Municipal de Saúde iniciará nesta segunda-feira, 10, o processo de pagamento. A empresa apresentará nota detalhando o tempo de serviço durante a gestão Renato Bravo, que compreende o período de 1º de janeiro a 8 de abril de 2017. Vale salientar que, com tal postura, a intenção da municipalidade é corrigir vícios administrativos do governo anterior, passando a estabelecer relações sempre pactuadas em contratos com prestadores de serviços.

A dívida herdada do governo passado com a Nutryenerge refere-se aos meses de março, abril, maio e junho de 2016, quando a empresa sequer teve contrato firmado, o que se agravou com a inexistência de acordo legalmente estabelecido para a continuidade do serviço na gestão atual. O governo passado, além de não quitar o referido quadrimestre, ainda lançou mão de um simples contrato emergencial, expirado em dezembro, dando por concluído o mandato sem o cumprimento de suas obrigações legais, onerando a administração atual e prejudicando os servidores.

O compromisso do Governo Renato Bravo é quitar o débito com a Nutryenerge e se empenhar para que a empresa tenha concretizado o reconhecimento da dívida anterior, objetivando pôr fim à prática administrativa do passado, eivada de erros e equívocos jurídicos ao firmar acordos sem o devido contrato. “A nossa relação com a Nutryenerge já começou com a verdade. Eles deveriam ter exigido do governo passado o reconhecimento da dívida, mas não o fizeram. Quando nós tomamos conhecimento, a empresa já estava sem contrato. A Nutryenerge alegou que de fato houve uma suspensão da carne servida aos servidores, que foi substituída pelo ovo, porque temia que a carne estocada não fosse suficiente, optando, então, por atender os pacientes. Mas, a partir deste dia 9 de abril não haverá nenhuma prestação de serviço dentro do Hospital Municipal Raul Sertã sem a devida cobertura contratual”, declarou Paulo Eduardo Souza, diretor geral do Hospital Municipal Raul Sertã.