Voltar

Notícias

GOVERNADOR RECEBE PROJETOS APROVADOS DO PARLAMENTO JUVENIL


24 de dezembro de 2015 337 visitas

Os três projetos mais votados do Parlamento Juvenil (PJ) foram entregues, em mãos, nesta terça-feira (22/12) ao governador Luiz Fernando Pezão, no Palácio Guanabara. Desde a criação do projeto, essa foi a primeira vez que um governador recebeu os parlamentares juvenis. “É essa juventude que vai mandar no nosso estado no futuro. É uma experiência única isso tudo que eles estão vivenciando. Assim eles podem ver de perto as dificuldades de se governar e entender o que é necessário para se tornar um líder”, comentou Pezão.
No encontro, estavam presentes o vice-governador, Francisco Dornelles, o coordenador do projeto, deputado Wanderson Nogueira (PSB), a presidente da nona edição do PJ, Lara Carvalho e os parlamentares Luiz Eduardo, de Maricá, Ryan Macário, de Nova Friburgo e Wini de Moura, de Sumidouro.
“É importante inverter a pauta e colocar a juventude como protagonista. Além disso, é necessário também que nosso Rio se reinvente. Esse encontro foi muito importante para que os jovens possam participar ativamente do rejuvenescimento do nosso Estado.”, Wanderson.
O estudante Luis Eduardo Daher foi um dos alunos que tiveram suas propostas aprovadas e gostou do encontro. “Foi muito legal. Todo esse processo que nós passamos de formação é muito importante. Se todos os representantes fossem formados assim, teríamos uma política mais forte.”
Os textos serão avaliados pelo governador, que pode decidir pela sanção ou pelo arquivamento dos textos.
Os projetos aprovados no Parlamento Juvenil:
Projeto que prevê o pagamento de uma multa além da já existente reclusão em casos de qualquer agressão contra o sexo feminino, cuja verba será redirecionada para instituições de apoio às vítimas de violência contra a mulher. Autoria: Luiz Eduardo de Souza Leite Trancoso Daher, 17 anos, do município de Maricá.
Projeto que prevê que estágios em sala de aula sejam obrigatórios em escolas de formação de professores e passem a ser integrados em salas com um ou mais alunos com deficiência. Autoria: Ryan Macário Moreira, 16 anos, do município de Nova Friburgo.
Projeto que incentiva e facilita a realização de pesquisas científicas nas instituições educacionais do estado. Autoria: Wini de Moura Miguel, 16 anos, do município de Sumidouro.
(Texto de Tomás Battaglia)