Voltar

Notícias

Esporte também sofre com abandono em Cordeiro


19 de janeiro de 2017 141 visitas

Luciano Batatinha e Maria Helena já expuseram aos órgãos de imprensa o caos financeiro e administrativo encontrado na Prefeitura de Cordeiro já nos primeiros dias de governo, numa situação que inclui salários de servidores atrasados, falta de pagamento a fornecedores, dívidas com o Instituto de Pensão, ausência de repasses periódicos ao Hospital Antônio Castro, precariedade na limpeza urbana, veículos irregulares, escolas em péssimo estado e carência de medicamentos

Como se não bastasse, agora foi a vez do secretário de Esporte e Lazer, Jairo Amaral, denunciar o que define como vergonhosa situação de descaso e abandono com patrimônios esportivos da municipalidade. Juntamente com seu assessor, Alexandre Nascimento, Amaral percorreu as principais praças de esporte da cidade e juntos puderam constatar de perto que não será fácil recuperar os espaços onde sempre foram intensas as práticas esportivas nos mais variados segmentos.

Outrora reconhecido como imponente e atrativo, o Ginásio Poliesportivo do bairro Rodolfo Gonçalves não se assemelha em nada ao que já foi nos áureos tempos do esporte cordeirense. Palco de grandes competições, como Jogos Estudantis, Jogos Abertos do Interior, Campeonatos de Futsal e jogos de voleibol e basquetebol, hoje a realidade é dura e desanimadora: piso da quadra deteriorado; tabelas de basquete destruídas; banheiros e vestiários em condições subumanas; teto esburacado e abrigando pombos; placar eletrônico abandonado; e instalações elétricas deficitárias.

Ainda de acordo com o secretário de Esporte, também nas quadras das escolas municipais, como José Pinho de Carvalho, no Iperj, e Zuleika Rodrigues, no Retiro Poético, o abandono causa revolta e deixa a impressão de que a tarefa de reestruturação será mais árdua do que se previa. “É lamentável que o esporte tenha sido tratado com tamanha falta de atenção. Pior ainda é constatar esse estado físico lastimável de nossas praças esportivas”, queixa-se Amaral.

Para tentar modificar esse quadro, Jairo garante que sua equipe já está se mobilizando. Além de acionar a Defesa Civil Municipal, com apoio do secretário Ailton Taveira, para que haja uma vistoria técnica nas quadras e seja emitido um parecer sobre a situação, contatos em busca de apoio federal já foram iniciados, inclusive junto ao senador Romário Faria, ex-craque da Seleção Brasileira, que colocou seu gabinete à disposição do secretário cordeirense. “Nossa esperança em recuperar esses espaços está na luta do prefeito Luciano Batatinha, que tem sido intensa para regularizar as questões documentais do município. Assim, a Administração Municipal poderá requerer verbas de outras esferas de governo para garantir as reformas”, esclareceu o secretário.