Voltar

Notícias

Equipamentos de alta tecnologia vão monitorar áreas de risco em nove municípios


25 de agosto de 2015 227 visitas

Sensores vão captar com precisão a movimentação de terra em morros e encostas.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) vai instalar equipamentos de alta tecnologia para monitorar com precisão a movimentação de terra em morros e encostas nas áreas com risco de deslizamento. Até o fim do ano, nove municípios de todo o país serão beneficiados pelo Projeto de Sensores Geotécnicos de Pesquisa e de Monitoramento dos Morros para Prevenção de Deslizamentos, lançado hoje em Mauá, São Paulo.
Segundo o Cemaden, o projeto prevê a instalação de uma Estação Total Robotizada (ETR), um sensor geotécnico que emite um sinal a laser, que é refletido nos espelhos, chamados de prismas, instalados nos morros e encostas. Cem prismas serão instalados nas áreas mais vulneráveis. Com esses equipamentos, é possível captar até pequenas movimentações de terra numa área de até 2,5 quilômetros de extensão.
“Esse equipamento emite uma radiação num comprimento de onda de laser, que refletida em espelhos, chamados de prismas, nós sabemos se aquele local está sofrendo um processo de movimento. Isso pode ajudar a prever deslocamentos de massa e deslizamentos de terra”, explicou o diretor do Cemaden, Osvaldo Moraes, acrescentando que a própria comunidade ficará responsável pela segurança dos equipamentos, para evitar roubos e depredações.
Além da ETR, serão instaladas 15 plataformas para coleta de dados sobre a quantidade de chuvas acumuladas no solo. Cada plataforma conta com um pluviômetro e seis sensores de umidade do solo. Os dados coletados por todos os equipamentos serão enviados, pela internet, ao Cemaden, que fará os alertas para a Defesa Civil, quando necessário. No total, o investimento soma R$ 1,1 milhão.
“Nós precisamos, na verdade, é de um conjunto de equipamentos meteorológicos, hidrológicos e geológicos para fazer a emissão dos alertas. Esses equipamentos que estão sendo instalados agora são equipamentos geológicos, formando assim uma cadeia de equipamentos que nós usamos para fazer o monitoramento e, consequentemente, os alertas.”
Além de Mauá, também foram selecionados para receber os equipamentos do Cemaden os municípios de Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis e Angra dos Reis, no Rio de Janeiro; Santos, em São Paulo; Blumenau, em Santa Catarina; Recife, em Pernambuco; e Salvador, na Bahia.