Voltar

Notícias

Dirigentes da Universidade Castelo Branco visitam Cordeiro


16 de fevereiro de 2017 298 visitas

Encontro foi o ponto de partida para a implantação dos cursos

Em sete dias o prefeito de Cordeiro, Luciano Batatinha e a vice-prefeita Maria Helena conseguiram avanços expressivos para a implantação de cursos universitários no município. Após visitarem a Reitoria da Universidade Castelo Branco (UCB) na semana passada, nesta terça-feira, 14, os diretores da instituição retribuíram a visita, quando estiveram em Cordeiro para uma reunião no Centro de Inclusão Digital Dilta Feijó.

Ao abrir o encontro, o prefeito confidenciou sua felicidade com a possibilidade real de parceria com uma universidade respeitável e disposta a atender o município, principalmente pela ausência de cursos em termos regionais. “Será a realização de um sonho para nossa cidade. Porém, é preciso cautela por ser um assunto que exige seriedade e transparência em todos os trâmites. Uma comissão irá estudar a melhor forma de receber a faculdade, que além de qualificar nossos jovens, aumentará o fluxo de pessoas na cidade e aquecerá substancialmente nossa economia”, relatou o prefeito.

Em nome da UCB, o professor Armando Leite, diretor de Superintendência, destacou a expansão da universidade para o interior. Após estudos sobre infraestrutura, na visão da Castelo Branco, Cordeiro é propício para abrigar cursos de veterinária e das áreas de saúde. Para isso, serão iniciadas as tratativas com a Administração Municipal no intuito de percorrer os caminhos legais para que a UCB se estabeleça no município.

Ponderando os reflexos da crise, Armando afirmou que os empregos são mais difíceis e demorados para quem não possui qualificação acadêmica. “Essa preocupação vem ao encontro das metas da Universidade Castelo Branco. Queremos manter essa proximidade com o interior e contribuir para aumentar essa qualificação. Com as mudanças no Ministério da Educação, será mais rápido o processo de estruturação da faculdade em Cordeiro”, garantiu, acrescentando ter aprovado a receptividade e possibilidade de contribuir, através do conhecimento, com o crescimento da cidade.

Interagindo com dirigentes da universidade, diretoras e professoras demonstraram adesão à proposta de Batatinha de implantar cursos superiores na cidade. Com opiniões similares, elas reconhecem as dificuldades inerentes à carência de cursos na região, dizendo que distância, altos custos com moradia e outras questões sociais acabam desmotivando jovens e pais. “A possibilidade de criação desses cursos será um estimulo sem precedentes”, declarou uma diretora e mãe de universitário.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional da UCB, Telson Pires, acredita que além dos cursos a universidade em Cordeiro significaria também o desenvolvimento de um trabalho de assessoria em diversas áreas para a Prefeitura. Haveria também a possibilidade de captação de recursos com os governos Federal e Estadual para investir em projetos de ensino continuado e sem custos para o município.

Novo encontro será agendado para a assinatura de um protocolo de intenções na tentativa de acertar a parceria. Participaram da reunião secretários municipais, o líder do Governo na Câmara, Róbson Careca, e os vereadores Marcelo Duarte, Furtuoso Lopes, Beth do Postinho, Jussara Barrada e Thiago Macedo.

ASSESSORIA DE IMPRENSA/PREFEITURA DE CORDEIRO