Voltar

Notícias

Diante de Pezão, ex-secretário pede que governador renuncie


13 de abril de 2017 124 visitas

Não bastasse a frustração de, mais uma vez, voltar de mãos abanando de Brasília, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) ainda teve que ouvir de seu ex-secretário de Assistência Social e Direitos Humanos que o melhor seria renunciar ao cargo.

Pezão estava na capital federal para acompanhar a votação do projeto de recuperação fiscal dos estados, adiada novamente depois que a fatídica lista de inquéritos autorizados pelo ministro do STF Edson Fachin foi divulgada.

No plenário da Câmara, o deputado federal Ezequiel Teixeira (PTN-RJ) aproveitou a presença do ex-chefe e, ao microfone, acusou-o de penalizar servidores e jogar a responsabilidade para os parlamentares.

“A maior contribuição que ele poderia dar é renunciar, porque o Rio merece coisa muito melhor”, alfinetou Ezequiel, pedindo para filmarem o governador. Veja o vídeo:

 Pastor do Projeto Vida Nova, Ezequiel Teixeira teve uma passagem fugaz e polêmica pelo governo fluminense. Quando assumiu sua posição no gabinete, desagradou antigos colegas de partido e entidades LGBT. Dois meses depois, foi exonerado após declarar acreditar na “cura gay”.