Voltar

Notícias

Cordeiro busca integração de municípios por soluções urbanas


5 de novembro de 2015 325 visitas

O secretário de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico de Cordeiro, Victor Garcia, representou o prefeito Leandro Monteiro em uma das reuniões preparatórias para o Smart City Business, maior evento da América Latina para a promoção de soluções urbanas sustentáveis. O encontro foi realizado na segunda-feira, 26, na sede da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), no Centro do Rio.

O Smart City Business reúne prefeitos e demais gestores públicos, incluindo representantes do Legislativo e Judiciário, além de empresários e membros do terceiro setor. A próxima edição será em Curitiba, em março de 2016.

A reunião foi coordenada pelo presidente do Instituto Smart City Business, Leopoldo de Albuquerque, juntamente com Claudio Acioly, chefe de Capacitação Profissional da ONU-Habitat, agência da Organização das Nações Unidas voltada para gestão de cidades e planejamento urbano.

O objetivo da reunião foi ouvir as demandas dos participantes, no que diz respeito aos problemas das cidades fluminenses e aos desafios de gestão, para a preparação do material e das pautas apresentados e debatidos no grande encontro de Curitiba, que irá reunir cidades de todo o Brasil.

Além do secretário, também estavam presentes os prefeitos de Porciúncula, Piraí e Pinheiral e Angra dos Reis, representantes do BNDES, do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), do aplicativo de transportes Move It, dentre outros, do setor público e privado.

As palavras de ordem, tanto da parte dos gestores quanto da parte dos organizadores do encontro, foram integração e regionalização. Aproximar as cidades, em grandes projetos em conjunto, é apontado como o caminho para viabilizar parcerias com o setor privado, em iniciativas que visem solucionar problemas urbanos. Temas como a qualificação da gestão pública, financiamento e modelagem de projetos, formas de parceria entre setores público e privado foram também bastante discutidos.

Vitor Garcia destacou que a união entre cidades vizinhas deve estar acima de qualquer rivalidade regional, para que todas se beneficiem. Ele citou que a saúde pública também pode se beneficiar com a regionalização.