Voltar

Notícias

Ciranda Literária deixa saudades em Cordeiro


24 de outubro de 2018 148 visitas

Evento foi concluído em grande estilo no último sábado

 

IMPRENSA CORDEIRO/CIDADE EXPOSIÇÃO

Para aqueles que puderam acompanhar extasiados a programação de sexta-feira, dia 19, da Ciranda Literária de Cordeiro, o sábado, 20, dia do fechamento do evento, foi uma grata surpresa para os amantes das artes. Eles se depararam com atrações emocionantes e inesquecíveis, confirmando que a CLIC/2018 deixou saudades.

Se no dia anterior o Coreto da Praça Coronel Antônio Pinto havia sido testemunha das belíssimas performances de encerramento das atrações preliminares com a contadora de histórias Mariza Maia e o Grupo Luna Althea Dança Cigana Artísticas, no sábado houve atrações para expectadores de diversas idades e gostos.

A leveza e suavidade da dança e da poesia ditaram o ritmo no primeiro momento, com o trabalho excepcional de Thays Barboza e do Núcleo Cordeiro RJ. A peça teatral ‘Eu te odeio – Uma História de Amor’, encenada pelo Grupo de Teatro ‘Desculpa Luiza’, de Bom Jardim, também mereceu destaque. Antes do fechamento, feito com ‘chave de ouro’ pelo Grupo de Dança Millenium, um encontro entre velhos amigos marcou uma Homenagem à Professora Adelaide.

De quebra, ainda ocorreu Mostra Fotográfica, num trabalho especial denominado Retrovisor Fotográfico, cujo talento, sensibilidade e sutileza de fotógrafos como José Ricardo Pinto, Thais Moura, João Paulo, Rodrigo Martins, Renata Martins e Gabriel Monnerat mostraram a versatilidade das artes visuais em Cordeiro.

“Preciso enaltecer todos que aqui desfilaram seu talento e sua arte. Agradeço à minha equipe que foi intensa e incansável, ao prefeito Luciano e à vice Maria Helena que continuam apostando em nosso trabalho e na cultura cordeirense e às pessoas que nos prestigiaram. Devo dizer a elas que todo esse trabalho é exatamente para que conheçam cada vez mais o nosso vasto, incomparável e definitivo Celeiro de Artistas”, disse orgulhoso o secretário de Cultura de Cordeiro, o artista Zica Medeiros.

????????????????????????????????????