Voltar

Notícias

CANTAGALO PROMOVE ‘DIA D’ DE COMBATE À DENGUE, FEBRE CHIKUNGUNYA E ZIKA VÍRUS


13 de dezembro de 2015 479 visitas

Mobilização aborda as pessoas, entrega material informativo e chama a atenção para a necessidade da participação de todos na prevenção a doenças graves
A Secretaria de Saúde de Cantagalo promoveu sexta-feira passada, 11 de dezembro, o ‘Dia D’ de conscientização ao combate aos focos do mosquito aedes aegypti, principal transmissor de três perigosas doença e que podem levar à morte: dengue, febre chikungunya e zika vírus.
De acordo com a secretária de Saúde, Vânia Huguenin, que participou do evento ao lado do prefeito Saulo Gouvea, a ação faz parte de um plano nacional que traz diretrizes unificadas a serem seguidas por todos os estados e municípios para o combate ao mosquito e também para o acompanhamento de grávidas e de bebês com microcefalia, uma das consequências do contágio, pelas gestantes, por zika vírus.
No Centro da cidade, a concentração aconteceu por volta das 8 horas, na Unidade Básica de Saúde de Família Djalma Dantas de Gusmão, de onde seguiu, com um trio elétrico, até a Praça Cônego Crescêncio Lanciotti, a Praça da Matriz, circulando, antes, por várias ruas do Centro e adjacências. Esse movimento aconteceu, simultaneamente, nas oito unidades da Estratégia de Saúde da Família – quatro no primeiro distrito e uma em cada um dos demais quatro distritos –, o que dá, conforme a secretaria, uma cobertura de 100% do território do município.
Apesar das chamadas com dias de antecedência, utilizando rádio, carros de som e redes sociais, a participação popular foi quase nenhuma. Apenas os profissionais de saúde fizeram o trajeto, aproveitando para abordar as pessoas e entregar farto material explicativo sobre as doenças, as formas de prevenção e sobre as ações que vêm sendo tomadas pelo município. “Esperamos que, mesmo não participando diretamente da passeata, que as pessoas pelo menos se conscientizem e façam a sua parte, cada um na sua casa, na sua comunidade, afinal, esse problema só pode ser combatido se todos nós trabalharmos juntos”, declarou o prefeito Saulo Gouvea.
A secretária Vânia Huguenin explicou que a Secretaria de Saúde mobilizou as demais secretarias municipais para engajamento numa extensa campanha que está fazendo o que ela chamou de “varredura”, abordando moradores, vistoriando quintais, distribuindo sacos para que toda e qualquer possível fonte de foco do aedes aegypti seja removida.
Durante a ação, que obedece a um cronograma que dividiu o município em áreas, a Vigilância Sanitária (Visa) também aproveita para ministrar doses de larvicidas, que matam larvas do mosquito, além de outras ferramentas de controle de vetores de patologias que podem afetar o homem, como venenos para baratas e ratos, por exemplo. A campanha ‘10 Minutos Salvam Vidas’ também está sendo disseminada e consiste em estimular as pessoas a reservarem pelo menos 10 minutos por semana para vistoriar sua casa, seu quintal, conversar com os vizinhos sobre o problema. A campanha se estenderá até meados de fevereiro e também conta com participação de entidades como a Associação Comercial de Cantagalo (Aciacan).
Redação/Fotos: Gilmar Marques