Voltar

Notícias

Campanha aumenta média diária de doações de sangue


1 de junho de 2017 39 visitas

Em sua 14ª edição, a campanha Mulher + Solidária elevou a média diária de candidatos à doação de sangue no Hemorio. Em três dias, o hemocentro recebeu 780 voluntários, com 544 bolsas de sangue coletadas. Na semana anterior, no mesmo período, foram contabilizadas 463 doações. Dessas, 304 bolsas foram coletadas de mulheres.

A campanha busca aumentar o número de doadores de sangue entre as mulheres, que, no Rio de Janeiro, compõem apenas 35% dos doadores de sangue. Em seu último dia, a programação contou com uma palestra da capelã hospitalar Raquel Vaz, que falou sobre a experiência que teve com seu filho, Vítor, diagnosticado com linfoma em 2012. Após a morte do menino, em 2015, ela sentiu a necessidade de falar para outras mães sobre a importância do diagnóstico precoce da doença e criou o projeto Papo de Mães.

– Ao longo do tratamento dele, promovemos várias campanhas de doação de sangue, já que as transfusões faziam parte do procedimento. Depois que ele faleceu, continuei engajada na causa, para ajudar outras pessoas. A doença está aí, a gente não sabe quem vai ter e sangue não se compra. É muito importante conscientizar as pessoas em relação a isso – disse Raquel, que atualmente trabalha na ONG Pró-Vita Transplante de Medula Óssea.

A campanha contou ainda com palestras sobre temas pertinentes à saúde e ao cotidiano da mulher, como violência doméstica e direitos femininos. As candidatas à doação também puderam passar por um circuito de nutrição e saúde, que atestou a importância da alimentação para a manutenção dos níveis de ferro no organismo (essencial para evitar a anemia), sessões de massagem expressa, dicas de maquiagem e apresentações de grupos de teatro.