Voltar

Notícias

Audiência pública debate representatividade da mulher


1 de dezembro de 2015 621 visitas

Realizado na ALERJ, evento contou com uma comitiva de Macuco

ASSESSORIA DE IMPRENSA – PREFEITURA DE MACUCO
Instalada no mês de setembro, a Comissão Especial para o Empoderamento da Mulher no Esporte e na Política recebeu adesão das deputadas da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). Presidente, vice-presidente e relatora, respectivamente, as parlamentares Martha Rocha (PSD), Daniele Guerreiro (PMDB) e Zeidan (PT) lideram o bloco feminino que defende o tema, inspirado no projeto de lei nº 515, em tramitação no Senado Federal, cujo texto propõe que 2016 seja considerado o ano do empoderamento feminino na política e no esporte.
Na segunda-feira, 23, aconteceu a primeira audiência pública da comissão, no auditório Nelson Carneiro, salão nobre do Palácio Tiradentes. Na ocasião, foram ouvidas inúmeras autoridades, entre elas a gerente de planejamento do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e ex-jogadora de vôlei de praia, Adriana Behar, a senadora Ana Amélia (PP-RS) e a deputada federal Soraya Santos (PMDB-RJ).
Segundo a presidente Martha Rocha, o intuito é promover um amplo debate em busca de avanços para a conquista de novos espaços e na inversão do quadro de sub-representatividade das mulheres nos dois setores. “Para o desenvolvimento do nosso estado, o fortalecimento da presença feminina no esporte e na política é fundamental. Com os Jogos Olímpicos e as eleições municipais do ano que vem, é preciso potencializar as discussões, insistir numa sociedade igualitária”, declarou a parlamentar.
No que tange às diretrizes, destacam-se: o desenho do perfil das mulheres no esporte e na política; o apoio às iniciativas que valorizem e promovam a participação das mulheres no esporte e no lazer, favorecendo maior divulgação; e a ampliação da participação das mulheres na preparação e realização de grandes eventos esportivos e nas políticas públicas de esporte e lazer, nas dimensões raciais, étnicas, de classe social, de idade, de orientação sexual, de identidade e de gênero e mulheres com deficiência.
Defensor da presença feminina com assiduidade em todos os setores da vida pública, do esporte e da sociedade de maneira geral, o prefeito de Macuco resolveu levantar essa bandeira e lutar pela igualdade de direitos entre homens e mulheres nos dois segmentos propostos pela comissão. E Félix Lengruber começou sua participação liderando um grupo de mulheres macuquenses que esteve no encontro no parlamento estadual. “Trata-se de um tema essencial e que precisa ter espaço para discussão. Acho que Macuco pode e vai contribuir muito para que encontremos o equilíbrio e a igualdade entre homens e mulheres no esporte e na política”, enfatizou Félix Lengruber.
“A audiência pública da Comissão Especial para o Empoderamento da Mulher no Esporte e na Política contou também com a participação de muitos homens. Agradeço aos prefeitos Félix Lengruber, de Macuco, Dr. Aluízio Santos, de Macaé, e Miguel Jeovani, de Araruama, e ao secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Marco Antônio Cabral, pela presença no evento. Também participaram da mesa a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ); a consultora da ONU Mulheres, Gisele Netto; a coordenadora da seleção feminina de ginástica artística, Georgette Vidor; a coordenadora-geral de direitos do Trabalho das Mulheres da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Beatriz Gregory; a técnica de futebol, Rose do Rio e as deputadas estaduais Daniele Guerreiro (PMDB); Ana Paula Rechuan (PMDB); Zeidan (PT); Márcia Jeovani (PR) e Tia Ju (PRB). Sou grata a todos”, disse Martha Rocha.