Voltar

Notícias

Audiência Pública apresenta Plano de Saúde do Quadriênio 2018/2021


3 de agosto de 2017 148 visitas

Ausência da população cordeirense foi o ponto negativo do encontro. Documento estará disponível para consulta popular no site do município

ASSESSORIA DE IMPRENSA – PREFEITURA DE CORDEIRO

A Prefeitura de Cordeiro, através da Secretaria de Saúde, numa ação conjunta com o Conselho Municipal de Saúde, promoveu na noite de terça-feira, 01 de agosto, no Plenário do Poder Legislativo, uma Audiência Pública visando à apresentação do Plano Municipal de Saúde do Quadriênio 2018/2021 e do Plano Assistencial Hospitalar. A grande decepção ficou por conta da ausência da população. Apesar da ampla divulgação, com anúncios na internet e veiculação na rádio local e através de carro de som, pouquíssimos munícipes estiveram na Câmara para acompanhar os debates que irão nortear as ações de saúde em Cordeiro durante os próximos quatro anos.

No decorrer da audiência, após fazer um breve relato histórico do município e explicar que a expectativa é de que haja um crescimento orçamentário na ordem de 4,25% ao ano, entre 2018 e 2021, a secretária de Saúde de Cordeiro, Vânia Huguenin – que expôs com conhecimento de causa o documento e recebeu elogios das autoridades e público pela atuação – explanou sobre mecanismos e procedimentos capazes de garantir eficiência e eficácia nas ações programadas para os três eixos do Plano Municipal de Saúde: Vigilância em Saúde/Atenção Integral à Saúde/Gestão e Controle Social.

Para ser validado, o Plano Municipal de Saúde – que contém normas básicas similares às adotadas nos planos Nacional e Estadual, cujos eixos e diretrizes devem ser seguidos pelo Poder Público, e servirá de base para a elaboração do Plano Plurianual (PPA) – precisa ser aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde, cujos integrantes se reunirão em 11 de agosto para apreciar e aprovar ou não o documento. Até lá, o Plano Municipal de Saúde estará à disposição para a população no Portal da Transparência, no site oficial do município (www.cordeiro.rj.gov.br). A partir da consulta pública, os moradores podem fazer sugestões e críticas, que também serão avaliadas pelo Conselho.

Compuseram a Mesa de Autoridades o prefeito, Luciano Batatinha; a vice-prefeita, Maria Helena; o presidente da Câmara, Elielson Francinha; a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Fátima Guedes; a presidente da Comissão de Saúde no Legislativo, vereadora Bete do Postinho; e o presidente do Conselho Administrativo do Hospital Antônio Castro, Anísio Costa. Também marcaram presença os vereadores Marcelo Duarte, Furtuoso Lopes, Jussara Barrada, Fabíola Bianchini, Thiago Macedo, Amilton Biti e Róbson Careca; o venerável da Loja Maçônica Pátria e Família, Éverson Espíndola; o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Carlos Pinto; a representante da Ordem dos Advogados do Brasil, Valéria Anunciação; o secretário de Defesa Civil, Ailton Taveira; e profissionais de saúde.

Autoridades foram unânimes em suas colocações, lamentando a ausência da comunidade num evento fundamental para o seu futuro, especialmente por se tratar de um tema como a saúde. O prefeito expressou o sentimento de todos. “O Plano é um instrumento poderoso para planejarmos iniciativas e compromissos com a saúde pública da cidade. Com ele, será possível, por exemplo, cobrar melhorias no atendimento à população, que teve a chance de estar aqui hoje debatendo conosco. Parabenizo a secretária de Saúde, Conselho e todos os profissionais envolvidos nesse projeto, porque gerir a saúde é um grande desafio. Repito que nossa gestão está implantando algo que jamais aconteceu em Cordeiro: planejamento. Esse plano comprova isso. Espero que a população faça a sua parte, consultando e emitindo sua opinião para que o documento seja aprovado pelos conselheiros”, declarou Luciano Batatinha.