Voltar

Notícias

Análise feita nos dois macacos encontrados mortos em São Sebastião do Alto, confirma a presença da febre amarela


17 de março de 2017 23.366 visitas

Houve a confirmação de contaminação dos dois macacos encontrados na localidade de São Manoel, zona rural de São Sebastião do Alto, pela febre amarela. A região onde os primatas estavam fica a cerca de um quilômetro do centro do município. A análise foi feita no Instituto Jorge Vaistman, no Rio de Janeiro.

São Sebastião do Alto entrou para a lista de vigilância do Governo Estadual e iniciou a vacinação contra a febre amarela no último dia (6). De acordo com a prefeitura, o bloqueio está sendo feio nos três distritos: São Sebastião do Alto, Valão do Barro e Ipituna. Um calendário de vacinação foi montado por ruas do município. A cada dia, moradores de determinado endereço devem se dirigir a um posto de saúde. “Ao todo, recebemos 7.500 doses. Só no início deste mês, imunizamos cerca de 700 pessoas, mas a média é de 100 por dia. Na zona rural, a imunização está sendo feita in loco, na casa dos moradores”, disse Fernanda.

A área técnica orienta que neste momento não adentrem em mata, não utilizem as trilhas e outros lugares de mata fechada. Os macacos são nossos sentinelas e neste momento nossos maiores aliados.