Voltar

Notícias

ALUNOS DA ESCOLINHA LÉO MOURA SE DESTACAM NO FUTEBOL NACIONAL


21 de agosto de 2015 349 visitas

Núcleos da Região dos Lagos e de Cachoeira de Macacu receberam a visita do craque nesta sexta (21)

A manhã desta sexta-feira (21/08) foi especial para os alunos da Escolinha de Futebol e Cidadania Léo Moura. O jogador visitou os núcleos das cidades de Cachoeira de Macacu e Saquarema ao lado do secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Marco Antônio Cabral. O núcleo de Saquarema, na Região dos Lagos, vem se destacando por revelar novos talentos do futebol. Quatro atletas, que deram os primeiros chutes na Escolinha, já estão jogando em clubes de Minas Gerais, Bahia, além de times da Região Sul do país. Outros estão em fase de testes no Fluminense.

– É importante lembrar que esta iniciativa mostra que o Governo está chegando em todo o Estado, por meio do Esporte. É ele que tira as crianças da rua e as coloca na escola. O objetivo da secretaria é levar cada vez mais ações como esta para a população fluminense – ressaltou o secretário Marco Antônio Cabral.Léo Moura elogiou o trabalho desenvolvido no núcleo e ainda lembrou que os alunos têm uma motivação a mais para se dedicarem nas aulas.

– Acompanho o trabalho da Escolinha e vejo como o trabalho daqui tem feito sucesso. Continuem treinando porque, no fim do ano, vamos fazer um campeonato entre os núcleos e daqui podem sair os campeões. Mas, antes de tudo, espero que saiam grandes cidadãos – afirmou Léo Moura.

Miguel Vieira da Costa, de 12 anos, já participou de jogos em Maricá, cidade vizinha, além de campeonatos locais. O último foi em Saquarema, no qual o time da escolinha chegou até a semifinal contra o time da cidade.

– Antes da escolinha, eu ficava brincando na rua, mas agora eu venho todos os dias. Quero ser jogador profissional – disse Miguel, torcedor do Flamengo e atua na posição de goleiro do time.Mesmo sendo torcedor do Vasco da Gama, Eduardo Correia Silva, 14 anos, tem Léo Moura como referência no futebol.

– Enquanto a minha mãe trabalha, eu posso ficar aqui jogando bola com os meus amigos. O Léo Moura para mim é um ídolo e, um dia, eu quero me tornar jogador profissional da mesma forma que ele.
Renan Victor de Goes Macedo frequenta há 3 meses a escolinha. A indicação veio dos amigos. Com 11 anos, o menino tem na ponta da língua a pergunta que faria para Léo Moura.

– Será que ele não quer jogar no Vasco, não? – brincou Renan.

A Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude mantém 24 núcleos da Escolinha de Futebol e Cidadania Léo Moura.